1ª Sessão do debate temático “Segurança e Qualidade da Vida Nocturna na cidade de Lisboa”

A Assembleia Municipal de Lisboa reuniu a 5 de dezembro, numa sessão que ficou marcada pela realização da 1ª sessão do Debate Temático sobre Segurança e Qualidade de Vida Noturna na cidade de Lisboa.

No inicio dos trabalhos foram aprovados os votos de pesar, apresentados pelo Partido Socialista, pelo falecimento de José Maria Roque Lino e de Zé Pedro.

No decurso do debate, o Deputado Municipal e Presidente da Junta de Freguesia de Alcântara, Davide Amado, interveio em nome do Grupo Municipal do Partido Socialista. Salientou a importância do debate sobre esta matéria tendo em conta a relevância e a oportunidade do mesmo. A definição da vida da cidade mede-se não só pela qualidade de vida de quem cá reside mas também pelos serviços e atividades que a mesma propícia. Reconhecendo desde já a vida noturna como polo aglutinador da comunidade e do desenvolvimento social e económico.

Afirmou ainda que esta é uma oportunidade de melhoria. Hoje em dia, a CML tem apenas a competência política de zelar pelo bem-estar daqueles que vivem, visitam, ou simplesmente disfrutam da cidade. Isso é claramente insuficiente. Não vemos a CML como um órgão de autoridade policial, vemo-la sim como um parceiro de referência para a Polícia de Segurança Pública e para o Ministério da Administração Interna, que possibilite o desenvolvimento de uma cidade onde o equilíbrio entre o devido direito ao descanso não entre em colisão com o direito ao divertimento.

Aproveitou a ocasião para referir a importância que tem para nós a questão da videovigilância em certas zonas da cidade. Consideramos inclusivamente a possibilidade de partilhar a CML, através por exemplo de valores da Taxa Turística, os custos de instalação desse sistema. Novamente, se para a PSP e para o MAI, essa é uma mais-valia para a cidade em termos de segurança e prevenção da mesma só a podemos ver de forma positiva.

Na próxima semana realizar-se-á a 2ª sessão do debate.