Assembleia Municipal dedicada a declarações políticas

A Assembleia Municipal de Lisboa reuniu no passado dia 30 de maio, numa sessão dedicada a declarações políticas.

O líder do grupo municipal, José Leitão, fez a Declaração Política do Partido Socialista, não podendo deixar de destacar o balanço do mandato apresentado na véspera pelo Presidente da Câmara Fernando Medina. Ao assumir as suas funções como Presidente da Câmara de Lisboa fê-lo com a vontade de pretender, não apenas prolongar a nova visão da cidade, iniciada com a gestão de António Costa, mas de lhe imprimir uma nova ambição. Empenhou-se na construção de uma Lisboa moderna e cosmopolita, que seja simultaneamente, uma cidade digna, que como disse, é aquela que se olha pelos olhos dos mais desfavorecidos dos seus membros. Todos sabemos que tem motivos para se orgulhar do trabalho realizado. Soube prolongar dinâmicas iniciadas e que são hoje marcas sociais da cidade. Lisboa é atrativa como uma cidade de oportunidades e criação de empregos, por ser também uma cidade aberta, tolerante e digna, que se empenha em assegurar a dignidade de todos os que nela vivem.

Foi ainda apresentada e votada a Proposta 180/CM/2017 – “Aprovar o Programa de Renda Acessível”, cujo parecer foi apresentado pela Deputada Municipal Irene Lopes que destacou que se trata de um Programa que se assume como um dos eixos estruturais e transversais da política municipal de habitação, através da requalificação e revitalização do “parque habitacional” da cidade, possibilitando o acesso a uma habitação condigna, de forma gradual e social e financeiramente sustentável. Assim, será possível repovoar e rejuvenescer Lisboa, possibilitando o acesso a habitações condignas, designadamente aos mais jovens.