Última reunião do mandato 2013-2017

A Assembleia Municipal de Lisboa reuniu para a última sessão do mandato 2013-2017 no dia 17 de outubro.

A sessão ficou marcada pela aprovação por unanimidade de um voto de pesar e solidariedade para com todas as famílias atingidas pelos incêndios de 15 de outubro de 2017.

Após a aprovação das atas o líder do Grupo Municipal do Partido Socialista, José Leitão, lembrou que este não é o momento de fazermos o balanço do mandato que agora cessa, que já tivemos, aliás, oportunidade de fazer. Recordou o powerpoint Assembleia Municipal- Casa da Cidadania, Balanço do mandato 2013-2017 apresentado pela Presidente desta Assembleia, Helena Roseta, e as intervenções que os diferentes grupos municipais então tiveram oportunidade de efetuar. Os cidadãos e cidadãs já tiveram, aliás, oportunidade de se pronunciarem sobre a avaliação do trabalho que realizámos, mas recentes eleições. Este é apenas o tempo para constatarmos que a Câmara Municipal de Lisboa cumpriu o seu dever, nunca negando a esta Assembleia as condições necessárias para o exercício das suas funções. Não podia prosseguir sem fazer uma saudação aos vereadores que não continuam a exercer as suas funções, aos Vereadores João Afonso e Carlos Castro, a quem manifesto a nossa gratidão. É devida uma palavra de reconhecimento à Senhora Deputada Helena Roseta pela forma exemplar como exerceu as suas funções de Presidente desta Assembleia, procurando dar a voz a todos, estimular a participação dos cidadãos, contribuir para os consensos possíveis conjugando a democracia representativa de que esta assembleia é expressão com formas de democracia participativa como o exercício do direito de petição. Naturalmente que as minhas palavras de agradecimento vão para os deputados municipais dos diferentes grupos municipais, que maior contributo deram ao trabalho desta assembleia, participando nas sessões plenária e nas comissões. Para não cometer injustiças relativas não nomeio nenhum em particular, mas basta visionar os vídeos das sessões e será fácil verificar, quem, com perspetivas, decerto divergentes, procurou desempenhar as suas funções.

Naturalmente que as minhas palavras de agradecimento vão também para os quadros da Câmara Municipal ou para os membros dos diferentes gabinetes, que apoiaram a mesa ou a ação dos diferentes grupos e agrupamentos municipais. Não podia terminar sem um especial agradecimento, como compreenderão, aos deputados municipais do Partido Socialista pela forma como exerceram os seus mandatos, quer os que foram reeleitos para novo mandato, quer os que cessam as suas funções. Há uma área em que esse contributo é incontornável e mensurável, a elaboração de pareceres e relatórios, em que mais de 70%, foram elaborados por deputados do Partido Socialista, recolhendo e integrando os inestimáveis contributos de deputados municipais de diferentes grupos e sendo muitas vezes aprovados por larga maioria.
Terminou desejando a todos votos de muita saúde e de felicidades pessoais, especialmente, os que não teremos a oportunidade de reencontrar no exercício do próximo mandato.