Foi com agrado que o Partido Socialista (PS) viu chegar à sessão plenária da Assembleia Municipal de dia 31 de outubro, a aprovação da minuta de Protocolo de Cooperação Institucional para Fins de Interesse Público, a celebrar entre o Município de Lisboa e a Universidade de Lisboa, tendo por objeto a Residência Universitária Manuel da Maia, uma oferta pública de alojamento estudantil assegurada no anterior mandato.

Em nome do PS o deputado Pedro Roque Domingues, relembrou na sua intervenção que “Há dois anos que este Grupo Municipal alerta a Câmara para a importância da abertura deste equipamento que permitirá alojar 320 estudantes do Ensino Superior, numa altura em que a falta de alojamento é, porventura, o maior factor de abandono escolar na Área Metropolitana de Lisboa.”

Nas palavras de Pedro Roque “Lisboa falhou. O Presidente da Câmara de Lisboa falhou. A Vereadora da Habitação falhou.”, pois este executivo, não só “entendeu que este protocolo não era uma prioridade” como inaugurou com “pompa e circunstância uma residência de estudantes privada, no centro da cidade, inacessível à classe média alta da nossa população.”

Para o PS é fundamental, que após a assinatura deste protocolo, a residência universitária possa estar disponível já no primeiro dia do segundo semestre.

É preciso que o presidente da Câmara assuma as suas responsabilidades, que a Câmara de Lisboa assuma a urgência na concretização deste equipamento, porque o Partido Socialista cá estará para garantir que assim o é, sublinhou o deputado municipal.

Assista à intervenção do deputado municipal Pedro Roque Domingues.

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.